Entrega no mesmo dia para algumas regiões da grande São Paulo.

Frete grátis para compras acima de R$280,00

Lançamentos antecipados

Pix com 4% de desconto

Ganhe 4% de desconto no Boleto Bancário

Ganhe 5% off à vista no cartão de crédito

Integralmedica e os cookies: usamos cookies para personalizar anúncios e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade

Dois atletas com o corpo definido, musculoso e segurando um shake de proteína da integral.

CREATINA INTEGRALMEDICA

Filtros
Benefícios
Diferenciais
Indicado Para
Objetivo
Sabor
Tamanho
Tipo
Faixa de Preço
Produtos

Tudo que você precisa saber sobre Creatina

A creatina é um nutriente natural encontrado principalmente em alimentos de origem animal, como carnes e peixes. Ela é produzida no organismo, principalmente no fígado, pâncreas e rins, a partir de aminoácidos como glicina, arginina e metionina. Essa substância é essencial para a produção de energia para a contração muscular, sendo que aproximadamente 95% da creatina corporal está armazenada nos músculos esqueléticos, sob a forma livre e fosforilada, conhecida como Creatina Fosfato (PCr).

A creatina é amplamente estudada na área de ciência do esporte, sendo um dos suplementos mais utilizados por atletas que buscam aumento da massa muscular, melhora da performance e ganho de peso. Tanto atletas amadores quanto profissionais utilizam a creatina para diversos fins, como ganho de força, otimização da recuperação muscular e melhoria da performance. Seu uso é considerado seguro e eficaz, sendo importante conhecer mais sobre esse poderoso suplemento para otimizar seus benefícios.

Creatina

Para que serve a Creatina?

A creatina desempenha diversas funções importantes no corpo, incluindo o aumento da força, aumento do volume muscular, ganho de massa muscular e melhora na recuperação pós-treino. Seus estoques são particularmente cruciais para esforços de alta intensidade, sendo essenciais em programas de treinamento que envolvam força, potência e velocidade. Esses benefícios são fundamentais para atletas que buscam melhorar sua performance, bem como para aqueles que visam o aumento do peso corporal e ganho de massa muscular.

É importante ressaltar que a creatina em pó ou em cápsulas não é exclusiva apenas para atletas de força ou musculação; ela beneficia diretamente uma variedade de atletas e praticantes de diferentes modalidades, incluindo treinamento funcional, esportes de alta performance, atletismo, esportes de endurance e esportes coletivos. Seu papel na melhoria do desempenho físico e na otimização do ganho muscular faz com que ela seja uma escolha popular entre uma ampla gama de praticantes de atividades físicas.

    Como e quando tomar Creatina?

    Antes de ensinar como tomar creatina, é importante ressaltar que ela possui um efeito crônico e não agudo, o que significa que a ingestão contínua, dia após dia, é que possibilita notar os efeitos do consumo da creatina, e não o momento específico em que você a toma, como no caso dos pré-treinos. Portanto, a creatina pode ser tomada em qualquer momento do dia, conforme preferência do usuário.

    Um protocolo de uso comum da creatina em pó ou em cápsulas envolve uma fase inicial de carregamento, com duração de 5 a 7 dias. Durante esse período, a suplementação com creatina é dividida em quatro doses diárias iguais de 5 g. Após isso, segue-se uma fase de manutenção, que pode durar meses, durante a qual são consumidos de 3 a 5 g de creatina por dia em dose única. Alternativamente, alguns optam por uma abordagem de dosagem única contínua, consumindo de 3 a 5 gramas de creatina por dia desde o início, sem a fase de carregamento.

      Perguntas Frequentes sobre Creatina

      1. A Creatina é solúvel em água?

        A creatina não é solúvel em água, então é normal do produto não dissolver completamente e decantar após a preparação. Essa característica não influencia na qualidade ou eficiência do produto.

      2. Quanto tempo leva para a Creatina fazer efeito no corpo?

        A creatina é um suplemento de efeito crônico, o que significa que deve ser consumida diariamente para que se obtenha seus benefícios. Estudos apontam que o efeito de ganho de músculo e força é esperado, em média, após um período de seis a oito semanas de suplementação.

      3. Qual o efeito colateral da creatina?

        Diferentemente do que muitos pensam, a creatina não acarreta diversos efeitos colaterais. O único que foi mostrado cientificamente é uma pequena quantidade de ganho de peso. Por um lado, isso é causado por um aumento no acúmulo de água nos músculos. Por outro lado, isso é causado por um aumento gradual da massa muscular, que é exatamente o que muitos atletas desejam.

      4. A creatina pode ser tomada com whey protein?

        Sim, suplementar ambos é benéfico para quem procura mais resultados de ganhos de massa muscular, bem como mais força e energia para intensificar os treinos de musculação.

      5. Quem está em processo de emagrecimento pode tomar creatina?

        Sim, a creatina quando usada no emagrecimento é eficaz, ela auxilia acelerando o metabolismo, isso ajuda o corpo a ter mais energia e aumentar a força nos treinos. Sendo um elemento chave para queimar mais calorias.